• Subcribe to Our RSS Feed

Brincadeiras nas férias – parte 1 de 2

dez 23, 2014 by     No Comments    Posted under: destaque, educação

Mês de férias escolares, tempo de brincar e criar.
Confira algumas sugestões de atividade para entreter as crianças.


foto de Mário Rodrigues – Revista Veja São Paulo, junho/2010

1 – Exercício de cordenação dos movimentos realizados na vida cotidiana.

  • Fazer um nó simples, um laço.
  • Executar diversas dobraduras em papel.
  • Costurar cartões perfurados.
  • Pular corda.
  • Jogar uma bola contra uma parede e saltar por cima da bola, quando voltar, após ter batido na parede.
  • Abotoar.
  • Enfiar miçangas.
  • Recortar.
  • Rodar pião.
  • Fazer rodar nas bordas: um botão, uma moeda.
  • Enfiar os cordões de uma botina.
  • Brincar de ioiô.
  • Driblar com uma bola.
  • Movimentar uma fita, de modo que faça círculos, ondulações.
  • Enrolar uma corda.
  • Passar uma linha pela agulha.
  • Tricotar.
  • Vestir uma boneca.
  • Virar do avesso suas vestimentas, depois desvirá-las: as mangas de uma jaqueta, um pulôver, meias.
  • Pregar percevejos, afixá-los.
  • Embalar.
  • Passar um elástico em volta de uma caixa de fósforos.
  • Apontar um lápis.

2 – Jogos – Lateralidades:

  • Cruzar as instruções
  • Todos põem a mão direita na orelha esquerda.
  • Pôr o calcanhar esquerdo no joelho direito.
  • Colocar a mão esquerda no tornozelo direito.
  • Em fila, todas as crianças andam ao som de uma música de disco. Caminhando cada criança pega, com a mão direita, ombro esquerdo da anterior ou, com a mão esquerda, tornozelo direito da anterior.
  • Esse jogo é bastante divertido mas exige muita variedade (inventar outros gestos).
  • Fazer a transposição para outrem e fazer perceber a reversibilidade

Todas as crianças estão em fila e olham o educador que diz: “ Levantem o braço direito!” Todos os braços se levantam do mesmo lado.
Depois o educador coloca, em fila e frente a frente, as crianças divididas em dois grupos. O mesmo pedido: “Levantem o braço direito!” Perceber-se-ão hesitações em muitas crianças: elas imitam a fila que lhes fica de frente. Nesta faze convém retomar os pontos de referencia (bracelete ou elástico) e refazer diversos exercícios. Começar-se-á com todas as crianças orientadas da mesma forma, depois colocadas frente a frente. Elas deverão, antes da execução, refletir bem sobre o que lhes é pedido.

Pedir-se-á também às crianças que fechem os olhos, em seguida lhes diremos:

  • “Levantem o braço direito!”… A criança deve refletir: “Meu bracelete está no braço direito, portanto…”
  • Frente a frente
  • “Mostre a mão direita de seu amigo que está de frente pra você”.
  • “Toque com a mão esquerda a mão direita de seu amigo… a mão esquerda de seu amigo”.
  • “Mande-o levantar o joelho direito e verificar se ele não se enganou”.
  • “Dêem todos um passo para esquerda… vocês se afastam. Dêem um passo para direita… vocês se aproximam”.
  • “Batam primeiro sua mão esquerda, depois sua mão direita, uma contra a outra”.
  • Adquire-se esta reversibilidade com perfeição apenas aos 8-9 anos.

Confira a segunda parte deste artigo especial, clique aqui!

Por Denise Mineiro, com sugestões retiradas do livro
Psicomotricidade Educação e Reeducação (A. De Meur L. Staes)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tem algo a dizer? Vá em frente, deixe seu comentário!

XHTML: Você pode utilizar os seguintes códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

UA-34327795-1