• Subcribe to Our RSS Feed

A importância do sono na aprendizagem

set 12, 2014 by     2 Comments    Posted under: aprendizagem e desenvolvimento, destaque

O sono é fundamental para uma vida saudável. Não devemos pensar no sono apenas como um repouso para o cérebro, mesmo porque ele continua ativo enquanto dormimos – muito mais ativo do que imaginamos – principalmente no que diz respeito à memorização e, por conseguinte, à aprendizagem.

Isso porque o sono não serve somente para apagar informações desnecessárias apreendidas durante o dia, como também para reforçar o que foi aprendido e que é importante que seja memorizado. Hoje, os cientistas são unânimes em afirmar que é necessária uma boa noite de sono para “consolidar” o que foi aprendido durante o dia.

Pesquisas feita pelos israelenses Dov Sagi e Avi Karni, em 1993, e confirmadas pelos norte-americanos Allan Hobson e Robert Stickgold, comprovaram que o sono profundo, durante a primeira metade da noite, é essencial para a consolidação do aprendizado.

Mas isso não quer dizer que o sono cheio de sonhos da segunda metade seja inútil. Muito pelo contrário: os mesmos cientistas comprovaram que quem dorme a noite toda consegue resultados quase três vezes melhores do que quem dorme pouco, ou seja, que só dorme a primeira metade do sono.

Os estudiosos definiram, então, que o processo de aprendizado (em termos neurofisiológicos) se dá em três fases: a primeira durante a prática (durante a aula, por exemplo); a segunda durante as primeiras horas do sono, e a terceira, durante o sono do final da madrugada, o “sono dos sonhos”.

Está também comprovado que os estudantes que fazem exercícios de relaxamento antes de dormir, obtêm um sono mais rápido e mais profundo, e isso tende a tornar a aprendizagem do dia mais eficaz.

Por Denise Mineiro
www.facebook.com/denise.mineiro
www.linkedin.com/in/denisemineiro



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 Comments + Add Comment

  • Cara Denise,

    Qual a média razoável diária de sono para uma criança de 6 anos de idade?

    Obrigado,

    AK

    • Caro André!

      O número de horas de sono ideal para reparar as energias gastas em vigília costuma ser em média de seis a oito horas por dia. Enquanto para alguns cinco horas por noite são suficientes para enfrentar as tarefas diárias, outros passam o dia cansados se não dormirem nove ou dez. Como regra, os mais velhos necessitam de menos horas de sono do que as crianças e os adolescentes.

      A verdade é que os especialistas não conseguem entrar em acordo sobre quantas horas cada organismo precisa para repousar adequadamente. A maioria, entretanto, concorda com as três regras seguintes:

      1) Dormir o suficiente para passar o dia inteiro sem sentir sono;

      2) Dormir até acordar sem necessidade de despertador;

      3) Dormir o número médio de horas que costumamos dormir depois de alguns dias de férias (levar em conta que nos primeiros dias sem compromissos podemos dormir mais do que o necessário).

      Deste modo, nada melhor do que observar seu filho e construir um horário justo para que ele possa repor suas energias proporcionando bem estar durante o dia .

      Um abraço,

      Denise Mineiro
      – pedagoga & psicopedagoga –

Tem algo a dizer? Vá em frente, deixe seu comentário!

XHTML: Você pode utilizar os seguintes códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

UA-34327795-1